Av. Brigadeiro Manoel R. Jordão, 761 - Barueri, SP | Tel: (11) 4194.0458 | E-mail: pnsmi@uol.com.br

Ano Nacional do Laicato

Objetivo Geral
COMO IGREJA, POVO DE DEUS:
∞ Celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil;
∞ Aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão;
∞ Testemunhar Jesus Cristo e seu Reino na sociedade.
Objetivos Específicos
∞ Comemorar os 30 anos do Sínodo Ordinário sobre os Leigos (1987) e os 30
anos da Exortação Christifideles Laici, de São João Paulo II, sobre a vocação e
missão dos leigos na Igreja e no mundo (1988);
∞ Dinamizar o estudo e a prática do documento 105 da CNBB: Cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade e demais documentos do Magistério sobre o laicato, em especial do Papa Francisco;
∞ Estimular a presença e a atuação dos cristãos leigos e leigas, “verdadeiros sujeitos eclesiais” (DAp, n. 497a), como “sal, luz e fermento” na Igreja e na sociedade.
Ações
∞ Promover eventos para marcar a abertura do Ano Nacional do Laicato, bem como Seminários Temáticos nos Regionais da CNBB;
∞ Publicar reflexões e subsídios para as celebrações, catequese e comunicação;
∞ Conclamar toda a Igreja no Brasil: regionais, dioceses, paróquias, comunidades, pastorais, movimentos, as diferentes expressões laicais e os Organismos
de comunhão do povo de Deus, na realização do Ano Nacional do Laicato;
∞ Desenvolver atividades que culminem na realização de um encontro nacional com o laicato no encerramento do ano (Solenidade de Cristo Rei de 2018);
∞ Despertar e motivar iniciativas e participação dos ministros ordenados, da vida consagrada e do laicato na realização desse Ano;
∞ Dialogar com os diferentes sujeitos da sociedade, promovendo a cultura do encontro e o cuidado com a vida e o bem comum, na esperança de que outro mundo é possível;
∞ Envolver os meios de comunicação social nas atividades programadas para o Ano Nacional do Laicato.
Legados do Ano Nacional do Laicato
Serão os frutos da mobilização das ações dos cristãos leigas e leigas, e de toda Igreja, para que permaneçam na Igreja e na sociedade após a realização do “Ano Nacional do Laicato”.
LEGADOS PARA O ÂMBITO DA SOCIEDADE
Promover mecanismos de participação popular para o fortalecimento do controle social e da gestão participativa (Conselhos de Direitos, Grupos de Acompanhamento ao Legislativo, Iniciativas Populares, Audiências, Referendos, Plebiscitos, entre outros);
Mobilizar a sociedade brasileira para a realização da auditoria cidadã da dívida pública.
LEGADOS PARA O ÂMBITO ECLESIAL
Criar programas de formação de ministérios leigos de coordenação e animação de comunidades, pastorais e movimentos;
∞ Fortalecer a articulação das redes de comunidades (Doc. 100 da CNBB);
Conteúdo retirado do site: http://diocesedeguarulhos.org.br/wp-content/uploads/2016/08/Encarte_novembro_baixa.pdf
Imprimir